Futebol 3 Tempos

Metodologia inovadora introduzida no Estado pela ACM-RS

Fazer do futebol um espaço para o aprendizado, no nível das competências relacionais, como comunicação, reconhecimento do outro, respeito às diferenças, convívio em grupo e resolução de conflitos, é a forma que pode fazer de uma partida de futebol um ambiente de troca e integração e enfatizando valores como o da solidariedade.

É dessa forma que desde 2007, a Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul (ACM-RS) tem utilizado, de forma pioneira no Estado, uma metodologia inovadora para a prática de futebol, unindo o esporte ao resgate de valores: o Futebol 3 Tempos.

Devido a sua facilidade e fascínio mundial, o futebol, com suas regras simples porém empolgantes, aliado ao baixo custo dos materiais necessários a sua prática e a praticidade para formar uma equipe, o torna o esporte ideal para o desenvolvimento humano e social de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

Ligada às redes mundiais Streefootballworld e Football for Hope FIFA, a ACM-RS tem trabalhado nesses anos implantando a metodologia em suas unidades de desenvolvimento social, presentes na Vila Cruzeiro, Morro Santana e Vila Restinga, além de disseminar a prática em outras instituições, de forma municipal, estadual e federal.

HISTÓRIA DO FUTEBOL 3 TEMPOS

A Rede Streetfootbalworld (SFW) foi criada por três amigos europeus, Jürgen Griesbeck,Vladimir Borkovic e Johannes Axster. Após assistirem a Copa do Mundo de 1994, num acontecimento marcado pela intolerância, em que o zagueiro colombiano Andrés Escobar (capitão da seleção de seu país) foi assassinado após cometer o gol contra que desclassificou a Colômbia da competição. Isso levou os criadores da Rede a refletirem sobre a importância de resgatar os valores do esporte, e como recuperá-los especialmente na formação de cidadãos.

A STW, fundada em 2002 na cidade de Berlim (Alemanha), apoia uma rede mundial formada por mais de 80 organizações sociais de mais de 50 países, que acredita na força do futebol e utiliza esse esporte, o mais praticado no mundo, como promotor da articulação entre pessoas, instituições e poder público, em torno de um mesmo objetivo: o Desenvolvimento Social.

Utilizar o Futebol 3 Tempos como uma ferramenta para o desenvolvimento humano e social e, sobretudo, de uma forma educacional, é uma das propostas defendidas por diversas organizações do mundo inteiro. Essas organizações acreditam na força do futebol, devido a sua popularidade, seu caráter universal e o interesse que desperta a nível mundial. É favorável aos praticantes, pois é uma atividade física e, como tal, diminui riscos à saúde e também favorece o desenvolvimento pessoal através dos valores do esporte em equipe, (cooperação, solidariedade, respeito, tolerância, etc).

METODOLOGIA DO FUTEBOL 3 TEMPOS

A proposta da ACM-RS é baseada nos “Quatro Pilares da Educação”, expostos no relatório para United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO), da comissão internacional para educação para o século XXI, que descrevem as quatro aprendizagens fundamentais: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver junto, e nos princípios do Esporte Educacional: totalidade, coeducação, emancipação, participação, cooperação e regionalismo. Essa metodologia foi adequada nas oficinas de Futebol 3 Tempos, afim de dar conta da demanda que se apresenta nas regiões mais atingidas pela pobreza e outras vulnerabilidades.

A partir dos conceitos citados, foi organizada a metodologia do trabalho que é composta de três tempos:

1º tempo

É formada a roda onde são estabelecidas as regras da partida e como esta funcionará, divisão de equipes, pontuação, valores e acordos iniciais, seguidos de pequenos jogos e exercícios.

2º tempo

Neste momento, são colocados em prática os combinados anteriores. A figura do professor se torna um mediador, pois neste jogo não há juiz. Os participantes são responsáveis por cumprir o que estabeleceram, gerenciando possíveis conflitos, praticando valores como a solidariedade, respeito, tolerância e cooperação, e cumprindo as regras do jogo.

3º tempo

Neste último tempo é onde serão avaliados se os acordos iniciais foram cumpridos. É nesse momento que todos têm a oportunidade de falar para o grupo o que perceberam e como se sentiram durante o jogo, se existiu respeito, solidariedade, cooperação e tolerância, e se todos agiram de uma forma a promover um “jogo limpo”. Todas as informações são anotadas em uma planilha específica do Futebol 3 Tempos, onde são registrados os gols da partida e a nota atribuída pelos participantes aos valores praticados durante o jogo.

Diante deste modelo, a proposta da ACM-RS congrega a inclusão de todos, uma vez que meninos e meninas jogam juntos, respeitando a diversidade, incentivando a construção coletiva, pois ao discutir e refletir sobre suas ideias, as crianças e os jovens estão desenvolvendo habilidades e competências a caminho da autonomia; e, além disso, com a característica do esporte educativo também estão sendo estimulados a cada jogo os aspectos cognitivos, afetivos, sociais e motores.

 

COMO ISSO AUXILIA NA TRANSFORMAÇÃO DA VIDA DE CRIANÇAS E JOVENS

O Futebol 3 Tempos agrega no desenvolvimento humano e na formação de cidadãos

Promover o respeito, a cooperação e a solidariedade

Incentivar o protagonismo juvenil, capacitando jovens mediadores para que atuem nas suas instituições

Meninos e meninas jogam juntos

Promove a cultura de paz

Estimula a resolução de conflitos através do diálogo

QUER MAIS INFORMAÇÕES?

Entre em contato conosco para receber um atendimento personalizado.

Se preferir, ligue para (51) 3266.6200