Necessidades Educacionais Especiais em debate

Francesa participa de bate-papo com professores do Colégio ACM Centro


O Colégio ACM Centro realiza nesta segunda-feira, 22 de agosto, às 18 horas, um bate-papo informal sobre alunos com Necessidades Educacionais Especiais no Brasil e na França. A conversa, destinada a professores da escola, tem como objetivo proporcionar uma troca de informações com a professora francesa Sarah Zysman da Silveira. O bate-papo será realizado na sala 201 do Colégio.

Sarah é residente de Pernes-le Fontaines, cidade com aproximadamente 15 mil habitantes. Suas filhas Maya e Keomi estão estudando no Colégio ACM Centro durante sua permanência no Brasil. Em setembro, elas irão retomar seus estudos em seu país de origem. Maya está no 4º ano e Keomi frequenta a Educação Infantil. As meninas estão convivendo com crianças que não falam Francês e estão interagindo muito bem, com muitas trocas significativas.

A expressão “necessidades educacionais especiais” pode ser utilizada para referir-se a crianças e jovens cujas necessidades decorrem de sua elevada capacidade ou de suas dificuldades para aprender. Está associada à dificuldade de aprendizagem, não necessariamente vinculada a deficiências. É uma forma de reconhecer que muitos alunos, sejam ou não portadores de deficiências ou de superdotação, apresentam necessidades educacionais que passam a ser especiais quando exigem respostas específicas adequadas.