Compliance

Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul

A Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul (ACM-RS) que possui como alguns dos seus pilares de atuação a ética e a transparência, tendo em vista seu relacionamento no Brasil, tanto com agentes públicos, como privados, bem como relações com fornecedores, voluntários, colaboradores, parceiros e demais partes interessadas, instituiu o Programa de Compliance, como forma de garantir que a Instituição permaneça em constante conformidade às leis, regras, normas e demais procedimentos vigentes.

Assim, por meio de um trabalho multidisciplinar, com colaboradores e voluntários, foram implementadas e disseminadas as práticas e a cultura de Compliance na Instituição, sendo consolidadas as políticas adotadas pela ACM-RS, descritas abaixo, as quais estarão disponíveis às partes interessadas por meio eletrônico, quando for de interesse:  

  • Cartilha de Prevenção e Orientação à Violência contra Crianças e Adolescentes 
  • Código de Conduta e Ética para Voluntários ACM-RS  
  • Código de Conduta online ACM-RS para Profissionais 
  • Código de Conduta voluntários ACM- RS – Termo de Ciência e Confidencialidade 
  • Manual do Colaborador 
  • Política Anticorrupção
  • Política de Combate ao Assédio Moral ACM-RS 
  • Política de Compras 
  • Política de Diligência 
  • Política de Doações
  • Regulamento Geral da ACM-RS

 

Damos ênfase à Política Anticorrupção da Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Rio Grande do Sul que tem por objetivo definir regras, diretrizes e princípios que norteiam os negócios e atividades da ACM-RS, assegurando e cientificando que todos atuem em conformidade com leis aplicáveis relativas ao combate à corrupção, em especial a Lei Anticorrupção (Lei Federal nº 12.846, de 1º de agosto de 2013) e o seu regulamento instituído pelo Decreto nº 8.420, de 18 de março de 2015.

O conteúdo desta Política deve ser conhecido e observado pelos profissionais e voluntários da instituição, sendo seu descumprimento passível de aplicação de medidas disciplinares e/ou penalidades, com base nas normas, regulamentos, políticas institucionais e legislações trabalhista, civil e penal aplicáveis, conforme o caso.

A ACM-RS reforça o seu posicionamento de repúdio à corrupção e o apoio ao seu combate.

Nesta página também é possível acessar o canal de denúncias, totalmente anônimo, recebido, inicialmente, por empresa externa à Instituição, após direcionado ao comitê responsável, de acordo com a denúncia.

Lembramos que para denúncias e/ou reclamações  sobre de produtos e serviços, há canais específicos nas Unidades para tratamento, através do SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), que poderá ser acessado por e-mail, WhatsApp ou ligações telefônicas.

QUER MAIS INFORMAÇÕES?

Entre em contato conosco para receber um atendimento personalizado.



Se preferir, ligue para (51) 3213.6000